Letras Virgo Lyrics


 

To Be

I never thought I’d rest my life
Like dreams don’t dare to pretend
But a single day can change
All the future that you’ve planned
To go and see what’s there for me
To be… or not to be?

You’re laying here lonely
And I wish you could speak
But the wires tell your stories
‘cause your body is too weak
I take your hand and there’s nothing
Is there someone inside?
And if there is, is it still you
In this body that’s dying?

There is a soul that keeps hearing
What you’re going to say
There is a soul that keeps feeling
It’s someone who is longing to stay

I’m not sure but I hope that
I can help you if I could
Is it right what I’m thinking?
And is it wrong if I do?
How will I know the answer?
How can I stand the pain?
How will I know the reason
Why you’re going away?

There’s a way and I’m walking
There’s a light in the dark
There’s my hope that is leading
Me back to my life if I fight if I fight

Time goes by
But standing still
All my life is passing by
Tears run dry
Words are gone
How can I keep going on – all alone?
There is a soul that keeps hearing
What you’re going to say
There is a soul that keeps feeling
It’s someone who is longing to stay

There’s a way and I’m walking
There’s a light in the dark
There’s my hope that is leading
Me back to my life if I fight if I fight

Ser

Nunca imaginei que deixaria minha vida
Como os sonhos não ousam fingir
Mas um único dia pode mudar
Todo o futuro que você planejou
Conhecer e ver o que há para mim
Ser… ou não ser?

Você repousa aqui sozinho
E eu queria que você pudesse falar
Mas os fios contam suas histórias
Pois o seu corpo está enfraquecido demais 
Pego sua mão e não há nada
Há alguém aí dentro?
E se há, ainda é você
Nesse corpo que está morrendo?

Há uma alma que continua ouvindo
O que você vai dizer
Há uma alma que continua sentindo
É alguém que quer muito ficar

Eu não tenho certeza, mas espero que
Eu possa lhe ajudar se eu pudesse
É certo o que estou pensando?
E é errado se eu o fizer?
Como vou saber a resposta?
Como posso suportar a dor?
Como saberei o motivo
Por que você está partindo?

Há um caminho e eu estou andando
Há uma luz na escuridão
Há a minha esperança que me guia
De volta para minha vida  se eu lutar – se eu lutar…

O tempo passa
Mas imóvel
Toda a minha vai passando
As lágrimas secam
As palavras se vão
Como posso continuar – completamente sozinho?
Há uma alma que continua ouvindo
O que você vai dizer
Há uma alma que continua sentindo
É alguém que quer muito ficar

Há um caminho e eu estou andando
Há uma luz na escuridão
Há a minha esperança que me guia
De volta para minha vida se eu lutar se eu lutar


Crazy me?

Talk to me, let me hear the sound
Don’t walk away, let me be around
Let me smell what I used to like
On my knees – let me creep tonight

I wanna be the one, I wanna be someone,
I’m begging for my sweet divine

Crazy me, ‘cause I try to get
What I deserve, going vaguely mad
I count the hours, I count the days
To stop the pain and to start the chase

I wanna be the one, don’t wanna be alone
I’m begging for my sweet ruin maybe

To let me know you’re not denying
Just blink an eye and I’m dying, for trying
Let’s go on fighting through the days
Believing in our love and hate
I’m crying and sighing again

You whisper softly in my ear
As marking bloody on my back: I was here!
I take the blame – you take control
All of my body and my soul
I’m fighting and dying
Crying and sighing again

Louco, eu?

Fale comigo, me deixe ouvir o som
Não vá embora, me deixe estar por perto
Me deixe cheirar aquilo que eu gostava
De joelhos – me deixe rastejar essa noite

Eu quero ser o escolhido, eu quero ser alguém
Eu imploro pela minha doce divindade

Louco, eu, porque tento ter
O que mereço, ficando vagamente maluco
Eu conto as horas, conto os dias
Para acabar com a dor e começar a perseguição

Eu quero ser o escolhido, não quero ficar sozinho
Estou implorando pela minha doce ruína talvez

Para que eu saiba que você não está negando
Apenas pisque um olho e eu já estou morrendo, por tentar
Vamos brigar ao longo dos dias
Acreditando no nosso amor e ódio
Eu estou chorando e suspirando de novo

Você sussurra suavemente em meu ouvido
Enquanto marca em minhas costas: eu estive aqui!
Assumo a culpa – você assume o controle
De todo o meu corpo e minha alma
Estou lutando e morrendo
Chorando e suspirando de novo


Take Me Home

I am a victim of tragedy
And I am a victim of fate
And I live inside a few memories
Of someone who walks in the past

So now hear the things that I wanna say
And I see that you really care
Don’t wanna be somebody who keeps the faith
In something that’s no longer there

I believed there would’ve been another chance
For us all to get rid of the storm
But you see I’ve got nothing in my hands
And I weep, like never before

Time goes by and I’m still running
Running down an endless road
Getting further toward the future
Just to find my way home

I am a victim of agony
And I am a victim of pain
And I’ll live forever in your fantasy
‘cause we both, we just feel the same

Time goes by and I’m still running
Running down an endless road
Getting further toward the future
Will I find my way home?

Time goes by and I’m still running
Running down an endless road
Getting further toward the future
Someone please take me home

Me Leve para Casa

Eu sou uma vítima da tragédia
E sou uma vítima do destino
Vivo em umas poucas lembranças
De alguém que anda no passado

Então agora ouça as coisas que quero dizer
E vejo que você se importa de verdade
Não quero ser alguém que continua acreditando
Em algo que já não existe mais

Acreditava que haveria outra chance
De escaparmos da tempestade
Mas veja, não tenho nada em minhas mãos
E me lamento, como jamais o fiz

O tempo passa e ainda estou correndo
Correndo numa estrada sem fim
Me aproximando do futuro
Só para achar o caminho de casa

Eu sou uma vítima da agonia
E sou uma vítima da dor
E vou viver para sempre em suas fantasias
Porque nós dois, nós sentimos a mesma coisa

O tempo passa e ainda estou correndo
Correndo numa estrada sem fim
Me aproximando do futuro
Vou achar o caminho de casa?

O tempo passa e ainda estou correndo
Correndo numa estrada sem fim
Me aproximando do futuro
Por favor, alguém me leve para casa


Baby Doll

It seems to me that you never had
A place to lay your soul
It seems to me when you raise your head
I see these eyes of stone
What can I do?

Could you tell what you really think?
Could you light this fire?
Do you need my helping hand – do you believe in desire?

You find a way to push me down, 
You bend my nerves, to be around with you

Can’t you see – I’m not your baby doll
Can’t you see – I’m not your baby doll

Homeward bound to anywhere
Nothing ever lasts
You take your place, ‘cause you have nowhere
To go without a task

You find a way to push me down, 
You bend my nerves, to be aroun with you

Can’t you see – I’m not your baby doll
Can’t you see – I’m not your baby doll

Brinquedinho

Me parece que você nunca teve
Um lugar para descansar sua alma 
Me parece que quando você ergue a cabeça
Vejo uns olhos de pedra
O que posso fazer?

Você pode me dizer o que realmente pensa?
Você pode acender esse fogo?
Você precisa da minha mão auxiliadora? – você acredita em desejo?

Você acha um jeito de me diminuir
Você entorta os meus nervos, para ficar com você

Você não entende – eu não sou o seu brinquedinho
Você não entende – eu não sou o seu brinquedinho

Para casa destinado a qualquer lugar
Nada nunca dura
Você assume o seu lugar, porque não tem um lugar
Para onde ir sem uma tarefa

Você acha um jeito de me diminuir
Você entorta os meus nervos, para ficar com você

Você não entende – eu não sou o seu brinquedinho
Você não entende – eu não sou o seu brinquedinho


No Need to Have an Answer

Leave me if I still cry 
There’s no need to have an answer
To raise and fly
Far beyond the seven oceans the sun may shine

Leave me in the arms of pain, away…

Hold me, I’ve gone too high
And the clouds I left below me
Now seem to hide
All the birds that gap inside me, falling apart…

Hold me in your arms again
Take your time to understand
Get out to the light of day,
Spread your wings, no matter when…

Just you and me 
Together relieve
To ever believe
In you and me

Just you and me
To stay hand in hand
And go until the end of you and me

Look back, the land so far…
From above it’s like a puzzle
All filled with scars
Far beyond  the seven oceans
I’ve found a star…

Clouds I left bellow one day
Now are the ones who light the way…

Just you and me 
Together relieve
To ever believe
In you and me

Just you and me
To stay hand in hand
And go until the end of you and me

“Every day we learn something
Every night we dream another’s dream
Every place recalls something
Everyone we meet we’ll meet again…”

Não É Preciso Ter uma Resposta

Me deixe se eu ainda choro
Não é preciso ter uma resposta
Para se levantar e voar
Muito além dos sete mares o sol deve brilhar

Me deixe nos braços da dor, longe…

Me segure, eu fui muito alto
E as nuvens que deixei para trás
Agora parecem se esconder
Todos os pássaros que faltam dentro de mim, se despedaçando…

Me tenha em seus braços de novo
Demore quanto precisar para entender
Saia à luz do dia,
Abra suas asas, não importa quando…

Só você e eu
Juntos encontramos alívio
Para sempre acreditarmos
Em você e mim

Só você e eu
Para ficarmos de mãos dadas
E irmos até o fim de você e mim

Olhe para trás, a terra tão longe…
Do alto parece um quebra-cabeça
Todo cheio de cicatrizes
Muito além dos sete mares
Eu achei uma estrela…

As nuvens que deixei para trás um dia
Agora são aquelas que iluminam o caminho…

Só você e eu
Juntos encontramos alívio
Para sempre acreditarmos
Em você e mim

Só você e eu
Para ficarmos de mãos dadas
E irmos até o fim de você e mim

“Todo dia aprendemos alguma coisa
Toda noite sonhamos o sonho de alguém
Todo lugar lembra alguma coisa
Todo mundo que encontramos voltaremos a encontrar…”


Discovery

It’s easy for us to be
Anywhere we dare to decide
From millions of memories
There’s one, that I know that will never die…

Into your eyes, deep in your soul
The flame is still burning on
What if we stay here all alone
Discovering the world?

I guess that I’ve never seen
Such a moon as big as tonight
And whatever it means to me
I’m sure, it will keep on moving the tides

Into your eyes, deep in your soul
The flame is still burning on
What if we stay here on our own
Collecting the stars?

Something new deep in the sky
Playing the sound of eternity
Still here we stand, gazing at the night
While other worlds keep in harmony anyway

Something new deep in the sky
Playing the sound of eternity
Still here we stand, gazing at the night
While other worlds keep in harmony anyway

Until the day returns…!

Descoberta

Para nós é fácil ficar
Em qualquer lugar que ousemos escolher
Entre um milhão de lembranças
Há uma que eu sei que jamais morrerá…

Nos seus olhos, no fundo da sua alma
A chama continua queimando
E se nós ficássemos aqui a sós
Descobrindo o mundo?

Eu acho que nunca vi
Uma lua tão grande quanto a dessa noite
E independente  do que ela significa para mim
Eu tenho certeza, ela continuará movendo as marés

Nos seus olhos, no fundo da sua alma
A chama continua queimando
E se nós ficássemos aqui a sós
Colecionando estrelas?

Algo novo nas profundezas do céu
Tocando o som da eternidade
Ainda aqui estamos nós, fitando a noite
Enquanto outros mundos continuam em harmonia de qualquer modo

Algo novo nas profundezas do céu
Tocando o som da eternidade
Ainda aqui estamos nós, fitando a noite
Enquanto outros mundos continuam em harmonia de qualquer modo

Até que o dia retorne…!


Street of Babylon

Since I saw your face again, I wasn’t sure
In your urgent silence, looking cool
With those claws of feather gently ‘round my neck
And the strangest taste of never coming back…

So, I realized the scene in black and white
Even if I told you I’m never right!
And you kept pretending long, pretending well
Now it’s time to choose for paradise or hell
And wipe off the bad dreams of my mind
To realize I dare
My feeling now to share, everywhere…

But again you came so fast to take control
Like a spider dancing, fooling on the wall
May you just be crazy, may you just be right
But for now, remember: hell or paradise
And wipe off the bad dreams of my mind
All the bad dreams on my mind
To realize I dare
My feeling now to share, everywhere…

Always in my dreams, I felt you close to me
Laughing in my face, killing my fantasy
How long could I stand, how long it’s meant to be?
But now it’s mine… now the whole world is mine!

And I could remind you forever what you’ve been
‘till your bones dissolve, you’d think of me
so you’d keep pretending long, forevermore
as the spider dances, fooling on the wall…

And wipe off the bad dreams of my mind
All the bad dreams on my mind
To realize I dare
My feeling now to share, everywhere…

To realize I dare
My feeling now to share, everywhere…

Rua da Babilônia

Desde que vi seu rosto novamente, eu não tinha certeza
No seu silêncio urgente, parecendo calmo
Com aquelas garras de plumas suavemente colocadas ao redor do meu pescoço
E o mais estranho gosto de jamais regressar…

Então entendi a cena em preto e branco
Mesmo que eu lhe dissesse que jamais estou certo!
E você continuou fingindo por muito tempo, fingindo bem
Agora é a hora de decidir pelo paraíso ou pelo inferno
E tirar os pesadelos da minha mente
Para perceber que ouso
Os meus sentimentos agora dividir (com todos), por toda parte…

Mas novamente você veio logo assumir o controle
Como uma aranha dançando, brincando na parede
Esteja você louca, esteja você apenas certa
Mas por enquanto, lembre-se: inferno ou paraíso
E tire os pesadelos da minha mente
Para entender que eu ouso
Os meus sentimentos agora dividir, por toda parte…

Sempre nos meus sonhos, eu sentia você perto de mim
Rindo da minha cara, destruíndo meus sonhos
Quanto eu poderia agüentar, quanto isso vai durar?
Mas agora ele é meu… agora o mundo todo é meu!

E eu poderia lhe lembrar para sempre o que você foi
Até que os seus ossos se dissolvessem, você pensaria em mim
Então você continuaria fingindo por muito tempo, para sempre
Enquanto a aranha dança, brincando na parede…

E tire os pesadelos da minha mente
Para entender que eu ouso
Os meus sentimentos agora dividir, por toda parte…

Para entender que eu ouso
Os meus sentimentos agora dividir, por toda parte…


River

Waking up your fantasy
Starts by simply saying
In your world of apple trees and flowers never fading
Please take me where you wanna be

We live in childhood memories
Our little piece of heaven
In our world of make believe
We can make it happen
I wanna find what you’re looking for in heaven

But sometimes I’m drowning in the rivers that you cry
Sometimes I’m sinking while I try to relate to your mind
Sometimes I’m hoping and I fear
‘Cause I’m so near, with you in outter space

I’m saving all the tears you cry
To fill a sea of sadness
And later when we learned to fly, we cross it in our madness
We are looking down the life below
And laugh about the waves of pain
The endless days of sorrow
And never we’ll come down again
There’s a path to follow
We’re going to find what we’re looking for in heaven

But sometimes I’m drowning in the rivers that you cry
Sometimes I’m sinking while I try to relate to your mind
Sometimes I’m hoping and I fear
‘Cause I’m so near, with you in outter space

Rio

Despertar a sua imaginação
Começa pelo simples pedido:
Em seu mundo de macieiras e flores que nunca morrem
Por favor, me leve aonde você quer estar

Vivemos nas lembranças da infância
O nosso pedacinho do Céu
No nosso mundo de faz-de-conta
Nós podemos fazer as coisas acontecerem
Eu quero achar o que tenho procurado no Céu

Mas às vezes eu me afogo nos rios que você chora
Às vezes eu afundo enquanto tento me ligar à sua mente
Às vezes eu espero e eu temo
Porque estou tão perto, com você no espaço sideral

Eu estou guardando todas as lágrimas que você chora
Para encher um mar de tristeza
E mais tarde quando tivermos aprendido a voar, o atravessaremos em nossa loucura
Estamos olhando a vida lá embaixo
E rindo das ondas de dor
Os dias intermináveis de sofrimento
E nunca voltaremos lá para baixo
Há um caminho a ser seguido
Nós vamos encontrar o que procuramos no Céu

Mas às vezes eu me afogo nos rios que você chora
Às vezes eu afundo enquanto tento me ligar à sua mente
Às vezes eu espero e eu temo
Porque estou tão perto, com você no espaço sideral


Blowing Away

Out of control I let you go
And now I just regret – ooh, my babe
I can’t survive to realize
How long I’ll hide the fact
Ooh, a time machine is bringing back to me
The days of wonder, bliss and joy
I feel so good, I can’t avoid…
Ooh, I’m liking that, I’m diving deep inside
It’s driving me crazy, crazy, crazy, oh… blowing away!

Let me forever show you better who I am
I’ll be your star, I’ll be your guide, I’ll be your man
Oh, babe… can’t you feel me now?
I’ll let you guess that I’m under your control
And when you realize, I’ll never let you go
Oh, darling… you belong to me!
I got along, I was so strong
Forever you’ll be gone?
Ooh, my love
I write a tune, I watch the moon
And deep inside the light – I see your face
Ooh, a beam machine, a second it would take
To walk alone the sky with you
And all my dreams are coming true
We don’t feel the ground, we’re gliding through the night
It’s driving me crazy, crazy, crazy, oh… blowing away!

Let me forever show you better who I am
I’ll be your star, I’ll be your guide, I’ll be your man
Oh, babe… can’t you feel me now?
I’ll let you guess that I’m under your control
And when you realize, I’ll never let you go
Oh, darling… you belong to me! Ooh, what a dream!
I’ll let you guess that I’m under your control
And when you realize, I’ll never let you go
Oh, darling… you belong to me! 
Would you come and stay? Joining my dream…
Driving me crazy, crazy, crazy, oh… blowing away!

Explosão

Fora de controle eu a deixo ir
E agora eu apenas me arrependo – oh, meu amor
Eu não conseguirei sobreviver para perceber
Por quanto tempo eu esconderei o fato
Oh, uma máquina do tempo trás de volta para mim
Os dias de magia, alegria e felicidade
Eu me sinto tão bem, não posso evitar…
Oh, eu estou gostando disso, estou mergulhando fundo
Isso está me deixando louco, louco, louco, oh… explodindo!

Me deixe para sempre lhe mostrar quem eu sou
Serei sua estrela, serei seu guia, serei seu homem
Oh, amor… você não me sente agora?
Eu lhe deixarei pensar que estou sob seu controle
E quando você perceber, eu não lhe deixarei partir
Oh, amor… você pertence a mim!
Eu segui em frente, eu fui tão forte
Para sempre você se foi?
Oh, meu amor
Eu escrevo uma música, eu olho a lua
E no fundo da luz – eu vejo o seu rosto
Oh, uma máquina de luz, levaria um segundo
Para percorrer o céu a sós com você
E todos os meus sonhos estão se realizando
Não sentimos o chão, estamos planando na noite
Isso está me deixando louco, louco, louco, oh… explodindo!

Me deixe para sempre lhe mostrar quem eu sou
Serei sua estrela, serei seu guia, serei seu homem
Oh, amor… você não me sente agora?
Eu lhe deixarei pensar que estou sob seu controle
E quando você perceber, eu não lhe deixarei partir
Oh, amor… você pertence a mim! Oh, que sonho!
Me deixe para sempre lhe mostrar quem eu sou
Serei sua estrela, serei seu guia, serei seu homem
Oh, amor… você não me sente agora?
Eu lhe deixarei pensar que estou sob seu controle
E quando você perceber, eu não lhe deixarei partir
Oh, amor… você pertence a mim! 
Você viria para ficar? Juntando-se ao meu sonho…
Me deixando louco, louco, louco, oh… explodindo!


I Want You to Know

You waste your time to find an answer
You say your life’s a bunch of scraps
Search for the reason that keeps you down
Sighing out, but there’s no land here all around

No way to stand to see you suffer
You’re digging traps you step right in
Hey, there’s a way for anyone who’s waiting
And there’s a road for everyone to go

I want you to know
For all that you do
Well, it’s not too late to rearrange
The pieces of your heart that made you go insane

So if you’re looking for solutions
And you’re still waiting for the day
That brings you sunrise and lights
The shade form all the pain and misery, that’s why I say:

I want you to know
For all that you do
Well, it’s not too late to rearrange
The pieces of your heart that made you go insane

There are times of joy and times of pain
And we feel we waste our lives just standing up again…

And if you’re looking for a reason
You’ll never find
You better try
To move along the road you’re leaving
Never to fear
Love is a lie

And if you’re looking for an answer
Don’t waste your time
Longing to feel
Like any other day you suffered
Back in the days
Life wasn’t real

Quero que Você Saiba

Você joga seu tempo fora procurando uma resposta
Você diz que a sua vida é um monte de esboços
Procura pela razão que o deixa mal
Suspirando, mas não há terras por aqui

Não posso ficar para vê-lo sofrer
Você cava buracos onde você mesmo cai
Ei, há uma saída para qualquer um que espere
E há um caminho para todos seguirem

Quero que você saiba
Por tudo o que faz
Bem, não é tarde demais para rearranjar
Os pedaços do seu coração que o fizeram enlouquecer

Então, se você busca por soluções
E ainda está a espera do dia
Que irá lhe trazer o amanhecer e as luzes
A sombra forma toda a dor e a desgraça, por isso eu digo:

 Quero que você saiba
Por tudo o que faz
Bem, não é tarde demais para rearranjar
Os pedaços do seu coração que o fizeram enlouquecer

Há tempos de alegria e tempos de dor
E sentimos que desperdiçamos nossas vidas apenas nos reerguendo…

E se você está procurando um motivo
Você jamais achará
Que é melhor tentar
Seguir o caminho que você está deixando
Nunca temer
Que o amor seja uma mentira

E se você está procurando uma resposta
Não perca tempo
Querendo se sentir
Como em qualquer outro dia em que sofreu
No passado
A vida não era real


Fiction

Look at the cards pretending
Fooling me in tarot
The story is neverending, I’ve got to pay my price on you
Knowing what I’ll be missing by knowing that you’ll be gone
Begging you on and on and on to think of what you’ve done

But once you forget what means falling in love
You’ll know what means falling in pain
And once you forget what happened to us
Never could happen again

I’ve got a fiction, of what is gonna be
My own religion, of doing what I feel
I’ve got a million faces, I’ve got a million names
And I’ve gotta realize how life can be – haha

Hoping that I’ll get where
I have already been
Thinking ‘bout times that we shared
Longing for a new beginning
Knowing what I am missing
Or telling what I have told
Begging you on and on and on to think about not to go

Once you forget what means falling in love
You’ll know what means falling in pain
And once you forget what happened to us
Never could happen again

I’ve got a fiction, of what is gonna be
My own religion, of doing what I feel
I’ve got a million faces, I’ve got a million names
And I’ve gotta realize how life can be…

Ficção

Veja as cartas fingindo
Me enganando no tarô
A história não tem fim, eu tenho que pagar meu preço por você
Sabendo que vou sentir sua falta ao saber que você partiu
Lhe implorando de novo e de novo para pensar no que fez

Mas uma vez que você se esqueça do que significa se apaixonar
Você saberá o que significa se machucar
E uma vez que você esqueça que o que aconteceu entre nós
Nunca voltará a acontecer

Eu tenho uma ficção, do que será
Minha própria religião, de fazer o que sinto
Eu tenho milhões de rostos, tenho milhões de nomes
E tenho que entender como a vida pode ser – haha

Esperando chegar onde
Já estive uma vez
Pensando nos momentos que compartilhamos
Desejando um recomeço
Sabendo o que estou perdendo
Ou dizendo o que já disse
Lhe implorando de novo e de novo para pensar em não partir

Mas uma vez que você se esqueça do que significa se apaixonar
Você saberá o que significa se machucar
E uma vez que você esqueça que o que aconteceu entre nós
Nunca voltará a acontecer

Eu tenho uma ficção, do que será
Minha própria religiãp, de fazer o que sinto
Eu tenho milhões de rostos, tenho milhões de nomes
E tenho que entender como a vida pode ser…

About Janus

Janus Aureus is my recently-inaugurated personal blog (written in portuguese, but with some texts in english as well). Fiore Rouge is my old (but still very active - in fact, more than Janus :P) blog (I started it back in 2005). Mentalize is a fan-made website (since 2005). if you wish to contact me for any reason, visit my blog and leave a comment OR see email above (top left) - no, my name's not Andre - actually, I'm not even a guy! LOL Long story... O Janus Aureus é meu blog pessoal - escrito em português - ainda sem muito conteúdo, pois foi começado no final de dezembro de 2011. Já o Mentalize foi aberto em 2005 e está escrito em várias línguas *rs* Privilegio o uso do inglês ali porque o pessoal estrangeiro não tem muitas informações sobre o AM. Quem quiser entrar em contato comigo por qualquer motivo, deixe um comentário nos meus blogs ou use o email que está aí em cima à esquerda (e não, eu não sou o Andre - aliás, sou mulher!).

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s