Entrevista com Hugo Mariutti


Bom Hugo, primeiro de tudo agradeço por aceitar fazer essa entrevista. Por favor se apresente aos nossos leitores.

HM: Eu que agradeço pela entrevista. Sou guitarristas da banda Andre Matos, Remove Silence e Henceforth., além de ter tocado na banda Shaman de 2000 até 2006.

Quais as suas bandas favoritas e os guitarristas que você mais se inspirou? Curte o John Petrucci?

HM: Dentro do Heavy Metal minha maior inspiração sempre foi o Randy Rhoads como guitarrista e o Metallica como banda. Quanto ao John Petrucci acho ele extremamente competente, e respeito muito como guitarrista, porém não me identifico muito com o estilo dele.

Você já fez alguma loucura por alguma dessas bandas?

HM:Acho que a única loucura, que não é uma loucura, foi chegar muito cedo ao show do Black Sabbath em 1991 (se não me engano) em SP. Nâo sou uma pessoa de fazer muitas loucuras na vida.

Quais seus álbuns de rock/metal favoritos?

HM: Vou citar 5, pois são muitos que gosto e acho que cada época da vida muda um pouco: Master Of Puppets- Metallica, Diary Of a Madman-Ozzy, Ok Computer- Radiohead, Grace-Jeff Buckley, Fade-Remove Silence

Quais suas guitarras favoritas?

HM:Qualquer uma da Gibson. Sou fã delas e acho difícil uma outra guitarra chegar perto, porém cada guitarrista tem suas preferências, é uma coisa muito particular, cada um gosta de um braço diferente, da altura das cordas diferentes, entre outras coisas.

Antes de entrar no Shaman, você treinava quantas horas por dia?

HM: Nunca fui um guitarrista fissurado em técnica, então na maior parte do tempo passava compondo. Claro que estudei a parte técnica, pois se não tivesse feito não conseguiria executar algumas coisa que toco, mas não tinha um tempo fixo de estudo. Comecei em bandas muito cedo, aos 15 anos já tocava em várias casas de shows em SP, por isso quando formamos o Shaman eu já estava preparado, inclusive levei algumas músicas bem adiantadas como a Time Will Come.

Você já passou por alguma aventura com os fãs?

HM: Os fãs sempre fizeram coisas muito legais para mim, e eu também sempre tratei todos os fãs muito bem, por isso esse meu contato com os fãs sempre foi muito tranqüilo.

Qual foi a sensação ao saber que o Remove Silence foi indicado ao Grammy norte-americano?

HM: Muito legal, pois com apenas um cd e que ainda vai ser lançado nos USA, já estamos concorrendo em duas categorias, como melhor álbum de Hard Rock e Best performace com a música Pressure. Quem sabe as pessoas aqui no Brasil passem a nos respeitar um pouco mais, pois estamos levando o nome o país em um lugar que é muito restrito a bandas de rock estrangeiras.

A banda tem previsão de turnê nacional e internacional? Vocês sabem mais ou menos por onde passará?

HM:Estamos negociando isso neste momento através do nosso management que fica na Alemanha. Em breve tudo estará disponível no nosso site http://www.removesilence.com/

Como foi basicamente a idéia de criar o remove silence?

HM: Eu o Fabio e o Ale, sempre tivemos vontade de fazer algum trabalho juntos, porém as agendas sempre foram incompatíveis. Quando ocorreu a separação do Shaman, conseguimos ajustar o tempo e fazermos a banda. O Edu, baterista entrou logo na sequência e posso te dizer que não existe baterista melhor para estar nesta banda.

Quando sai o clipe de Fade?

HM: O clip da Fade já saiu aqui no Brasil, inclusive tem passado na MTV daqui, quem quiser conferir é só ir ao nosso myspace/removesilence que lá ele também está disponível, assim como no Youtube.

Vocês tem planos de gravar um DVD com o Remove Silence?

HM: Sim, inclusive já temos que um making of “Bats in the Belfry” que fizemos e será comercializado nos USA como um DVD. É um documentário sobre toda gravação do CD FADE.

Como você acha que é o público de Manaus?

HM: O público de Manaus sempre foi sensacional comigo, já tive por aí muitas vezes fazendo shows e workshops, e sempre fui muito bem tratado, tanto pelo público, quanto pelos contratantes, que sempre são espetaculares com a gente.

Como você avalia a cena rocker atual no Brasil?

HM: O mercado está muito mudado e acho que leva um tempo para uma readaptação, mas na verdade acho que as bandas do Brasil às vezes são deixadas de lado, não pelo público, mas por alguns meios de comunicação. Quantas vezes uma banda internacional que não lança um novo cd faz 15 anos tem prioridade nos sites e veículos da imprensa? Muitas bandas que estavam paradas com a crise da indústria fonográfica passaram a fazer mais shows para ampliar a receita e aí em alguns momentos as bandas nacionais ficam um pouco de escanteio.

Agora uma pergunta sobre o Shaman: Quando você recebeu o convite, você aceitou de primeira ou houveram testes, ensaios,e etc?

HM:Na verdade não foi um teste, fui gravar algumas guitarras que eles precisavam e ao mesmo tempo levei algumas músicas que tinha feito. Todos gostaram e passamos a trabalhar juntos. Inclusive o nome da banda surgiu neste período por idéia do Luis, em cima da música do Andre, The Shaman.

Perguntas sobre a banda do Andre: Quando vocês saíram do Shaman, vocês disponibilizaram Rio não muito tempo depois. Ela seria uma música do Shaman?

HM: Eu e o Andre começamos escrever esta música para um possível EP do Shaman , porém logo depois houve a separação e terminamos Rio logo em seguida.

A tour do mentalize acaba quando? Foram quantos shows ?

HM: Ainda não sabemos quando acaba, pois temos propostas de shows ainda, ou seja ainda quem não assistiu pode assistir. Quanto ao número de shows eu realmente não sei te dizer.

Vocês irão lançar algum DVD dessa tour, já que há vários trechos de shows em filmagem profissional na internet, incluindo o do Ceará in rock, onde vocês tocaram com orquestra. Quando deve sair mais ou menos?

HM: Temos muito material gravado, porém acredito que para o fim do ano teremos tempo de parar e examinar tudo que irá no DVD.

Após a tour do mentalize, vocês irão entrar em estúdio logo ou terão uma folga merecida?

HM: Na vida do músico não existe folga, e com certeza deveremos começar a trabalhar o cd novo em breve, pois gostamos de estar na estrada, e poder mostrar sempre material novo.

Bom Hugo, muito obrigado por essa entrevista. Agradeço o tempo destinado a ela e voltem mais vezes a Manaus, RS.

HM: Eu que agradeço pelo espaço e esperamos voltar a Manaus em breve. Grande abraço.

 

About Janus

Janus Aureus is my recently-inaugurated personal blog (written in portuguese, but with some texts in english as well). Fiore Rouge is my old (but still very active - in fact, more than Janus :P) blog (I started it back in 2005). Mentalize is a fan-made website (since 2005). if you wish to contact me for any reason, visit my blog and leave a comment OR see email above (top left) - no, my name's not Andre - actually, I'm not even a guy! LOL Long story... O Janus Aureus é meu blog pessoal - escrito em português - ainda sem muito conteúdo, pois foi começado no final de dezembro de 2011. Já o Mentalize foi aberto em 2005 e está escrito em várias línguas *rs* Privilegio o uso do inglês ali porque o pessoal estrangeiro não tem muitas informações sobre o AM. Quem quiser entrar em contato comigo por qualquer motivo, deixe um comentário nos meus blogs ou use o email que está aí em cima à esquerda (e não, eu não sou o Andre - aliás, sou mulher!).

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s