Entrevista – Shaaman


No ano de 2000, foi formada a banda de heavy metal Shaman. Andre Matos (vocal e teclado), Luis Mariutti (baixo) e Ricardo Confessori (bateria) se desligaram do Angra e convidaram Hugo Mariutti para assumir o baixo da então nova banda brasileira de metal pesado. Em 2002, lançaram "Ritual" e, em 2003, o "Ritualive". Por motivos de marca e patente, a banda entra 2005 com um "a" a mais: Shaaman. Será que o som também mudou? Andre esclarece.

Ele Ela – Como é o novo trabalho do Shaaman: "Reason"?
Andre Matos – É um trabalho mais maduro e conciso. O disco vem direto e pesado. Acho que pusemos o virtuosismo um pouco de lado em nome do sentimento, e é isso que você pode perceber nas músicas. Regrávamos, por exemplo, uma versão de "More", do Sisters of Mercy, uma banda gótica dos anos 80 que, apesar de não ter muito a ver com o nosso estilo, encaixou-se perfeitamente ao som do Shaaman. A crítica tem afirmado que esse é o nosso melhor trabalho. Agora falta apenas a opinião do público.

Ele Ela – Shaaman… Tem uma religiosidade forte no nome. E no som?
Andre Matos – Quando escolhemos esse nome, tínhamos em mente que uma das principais funções da música, seja ela qual for, é a cura. As pessoas procuram música como um bálsamo para o espírito. Da mesma maneira que os xamãs fazem através das plantas, nós acreditamos que também podemos mudar a vida de cada um através do som. E isso acontece não apenas nos discos mas principalmente nos shows.

Acho que uma das principais características que temos como banda de rock pesado é justamente conseguir atingir essa atmosfera tão especial e um nível de troca quase metafísico com o nosso público. E isso, modéstia à parte, é um privilégio quase exclusivo das bandas de rock pesado.

Ele Ela – Há algum tipo de música de um outro país (que não o Brasil) que influencie no trabalho de vocês?
Andre Matos – Acho que de vários países. A começar pela Inglaterra, que nos deu tantos bons exemplos no rock, de Queen a Black Sabbath, passando por Deep Purple e Iron Maiden. Mas na verdade uma coisa que nos tem influenciado mesmo é a música do mundo inteiro, a "World Music". E aí pode ser algo típico do Oriente Médio, África, Índia, Peru ou Japão, não importa… os elementos estão aí para serem incorporados e o que vale é não ter preconceito.

Ele Ela – Sua primeira banda foi o Viper. Depois, o Angra. Agora o Shaaman. É difícil manter uma banda?
Andre Matos – Manter uma banda é mais difícil do que formá-la. Não que o começo seja fácil, mas a empolgação inicial muitas vezes ofusca uma certa realidade. Eu diria que tudo isso é um grande aprendizado, no sentido de saber como se relacionar. Se sabemos nos relacionar dentro de um grupo, estamos prontos para a sociedade como um todo. Mas acho que isso vale para qualquer profissão ou atividade – até mesmo o casamento, por exemplo. De qualquer maneira, a renovação é uma coisa importante na vida de cada um e não se deve ter medo de arriscar. Se não fosse assim, não estaria aqui hoje com o Shaaman, fazendo o que mais curto fazer.

Agenda de shows – Abril
8 – Curitiba-PR
9 – Criciúma-SC
10 – Porto Alegre-RS
16 – Recife-PE
17 – Hortolândia-SP
23 – Santos-SP

http://eleela.terra.com.br/aberto/411/artigo7345-1.htm

Advertisements

About Janus

Janus Aureus is my recently-inaugurated personal blog (written in portuguese, but with some texts in english as well). Fiore Rouge is my old (but still very active - in fact, more than Janus :P) blog (I started it back in 2005). Mentalize is a fan-made website (since 2005). if you wish to contact me for any reason, visit my blog and leave a comment OR see email above (top left) - no, my name's not Andre - actually, I'm not even a guy! LOL Long story... O Janus Aureus é meu blog pessoal - escrito em português - ainda sem muito conteúdo, pois foi começado no final de dezembro de 2011. Já o Mentalize foi aberto em 2005 e está escrito em várias línguas *rs* Privilegio o uso do inglês ali porque o pessoal estrangeiro não tem muitas informações sobre o AM. Quem quiser entrar em contato comigo por qualquer motivo, deixe um comentário nos meus blogs ou use o email que está aí em cima à esquerda (e não, eu não sou o Andre - aliás, sou mulher!).

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s