Shaman Online: ENTREVISTA FÁBIO RIBEIRO


 

Fábio Ribeiro, tecladista convidado da banda Shaman, está prestes a lançar o seu novo álbum do projeto Blezqi Zatsaz. Fizemos uma mini-entrevista com ele para saber algumas curiosidades de seu novo trabalho. Confira!

FT – O que é o projeto Blezqi Zatsaz?


Fábio – O Blezqi Zatsaz é meu projeto solo. Predominantemente é um trabalho de rock progressivo instrumental. Foi criado em 1990, após um convite do produtor Pedro Georges Eleftheriou. Na época eu havia participado do primeiro trabalho da banda de rock progressivo III Milênio, que ele produziu. Foi então que ele sugeriu um trabalho solo, com minhas composições.
Gravamos o primeiro álbum "Rise and Fall of Passional Sanity" (ainda em LP) em 1991. Este álbum foi re-editado em CD no ano 2000 pela gravadora francesa Musea. No momento estamos finalizando um novo álbum, "The Tide Turns", que será lançado até julho deste ano.

FT – Por que deste nome?
Fábio – O nome Blezqi Zatsaz não significa absolutamente nada, mas tem uma origem bastante irônica. Paulo Preto, vocalista do Desequilíbrios (um dos meus antigos trabalhos), tinha um amigo que morava com um tio já de idade avançada. No início dos anos 80, quando o Black Sabbath lançou o álbum Heaven and Hell, os dois amigos adquiriram o disco e correram para ouvir a novidade. Com o som no último volume, foram abordados pelo tio, que recém chegava, gritando para que abaixassem o som. Eles então argumentaram que era o novo álbum do Black Sabbath. O tio prontamente disse: "Não me interessa se é o Blezqi Zatsaz ou seja lá o que, abaixem essa droga já!"

FT – Quem participa do projeto?
Fábio – No primeiro álbum, participaram: Ronaldo Lobo, Chico Mocinho, Luiz Sacoman e Zé Renato.
Neste novo álbum participam: Hugo Mariutti, Kiko Loureiro, Edu Ardanuy, Hugo Hori, Zé Renato, Alê Souza, Carlos Desenha e Richard Furck.

FT – Como foi sua participação no "RITUAL"?
Fábio– O André sugeriu para que eu gravasse um solo na música Blind Spell. Ainda na Alemanha, ele me enviou um CD com as bases gravadas da música.
Eu inseri o solo aqui no meu estúdio e mandei os dados de volta em outro CD para a mixagem. Foi tudo muito rápido e prático. São os benefícios da tecnologia…

 fonte: http://www.fortomorrow.celsoedusc.com.br/fan/arquivo/fabio.mht

About Janus

Janus Aureus is my recently-inaugurated personal blog (written in portuguese, but with some texts in english as well). Fiore Rouge is my old (but still very active - in fact, more than Janus :P) blog (I started it back in 2005). Mentalize is a fan-made website (since 2005). if you wish to contact me for any reason, visit my blog and leave a comment OR see email above (top left) - no, my name's not Andre - actually, I'm not even a guy! LOL Long story... O Janus Aureus é meu blog pessoal - escrito em português - ainda sem muito conteúdo, pois foi começado no final de dezembro de 2011. Já o Mentalize foi aberto em 2005 e está escrito em várias línguas *rs* Privilegio o uso do inglês ali porque o pessoal estrangeiro não tem muitas informações sobre o AM. Quem quiser entrar em contato comigo por qualquer motivo, deixe um comentário nos meus blogs ou use o email que está aí em cima à esquerda (e não, eu não sou o Andre - aliás, sou mulher!).

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s