Shaman – FÃS CONSIDERAM SHOW “O MELHOR”


 

Texto e fotos: Fernanda Veiga

Shaman enfrentou : microfonia, péssima acústica, falhas técnicas na estrutura da casa… Imaginem o pior show como terá sido?

Transparência e simplicidade. Assim pôde ser definido o show do Shaman no Clube União Recreativo Campestre em Sorocaba no dia 24 de abril [2004]. Com 4500 pessoas, era visível na cara dos fãs que lotaram a casa, a satisfação de ver a “banda de abertura do show do Iron Maiden”.

Apesar dos problemas ocorridos com microfonia e falhas no som,“o show foi perfeito, o melhor que já houve no Recreativo”, de acordo com um fã, que completou “Muita gente acha até que o Shaman é banda internacional, tamanho seu profissionalismo”. Com seis bandas de abertura, o show teve início às 22 horas. O evento foi uma promoção da rádio “103 A Rádio Rock” de Sorocaba com abertura das bandas Ghost Empire, Pentecost, Seu Otto, Strategy, Warlike e Velotrol, contando com ampla divulgação do “Projeto Caça Bandas”, pois nos shows deste sábado e domingo, a equipe do produtor Rick Bonadio (que entre outros descobriu e acreditou no Mamonas Assassinas) esteve no local a fim de descobrir novos talentos. Domingo foi o dia da banda CPM22.

Após o show do Shaman, fãs que tentaram acesso aos camarins tiveram problemas com seguranças e com o organizador do evento, João Caramês. Palavras de baixo calão foram proferidas por ambas as partes. “Eu acho que eu vi este cara, ele veio na hora que a gente estava montando o equipamento e começou a falar alto, dizendo que nós estávamos demorando”, disse um dos auxiliares da banda, sobre o organizador.

Mas a grosseria de João Caramês não foi só com os fãs: Os veículos de imprensa que tentaram credenciar-se para o evento receberam como resposta: “A produção da banda proibiu que liberássemos credenciais” – o que é mentira, já que a banda sempre recebe muito bem a imprensa. Para pessoas ligadas à banda ele disse: “Estou pagando a banda, faço o que eu quiser…”

E esta frase foi repetida várias vezes na noite de sábado, entre gritos com seguranças (que antes e durante o show foram eficientíssimos), funcionários e com a produção da banda: “Tirem logo essas m***** daí”, referindo-se aos equipamentos da banda. E ainda veio até onde estava a imprensa e os fãs que aguardavam os músicos, falando que os seguranças deviam evacuar a área e colocar: “Esse bando de gente pra fora”.

Neste momento, eu saquei minha máquina fotográfica e registrei em imagem o que ele estava fazendo com todas aquelas pessoas. Como ele é político da cidade e estamos em ano de reeleição, no mesmo instante ele desfez a ordem dada e mandou liberar o acesso para que os fãs voltassem e passou a tratar a equipe de produção com tapinhas nas costas, perguntando se precisavam de alguma coisa.

É óbvio que isso não nos comprou, afinal, não temos rabo preso com ninguém. O espaço está aberto caso o Sr. João Caramês queira se defender. Mas particularmente acho que se defender da verdade é muito difícil. Finalmente então, depois que o “dono do pedaço e que comprou o show e por isso mandava” se retirou, muitos fãs puderam ver os integrantes da banda de perto e até pegar autógrafos. Dezenas de pessoas estavam em frente ao palco meia hora após o término com cadernos e encartes de cd`s da banda. Andre Matos, vocalista da banda mesmo com o braço machucado assinava os mesmos. Ele se machucou quando abraçava uma fã.

Até na frente do hotel, um simpático grupo aguardava a banda e conseguiu fotos e autógrafos. Mesmo cansados, os músicos queriam retribuir um pouco do imenso carinho que receberam nesta cidade.Shaman tocou sucessos de seu CD “Ritual”, além de covers de “Ozzy Ousborne”, neste último show da turnê no estado de São Paulo e do embarque para uma série de shows na Europa, começando pela Espanha na semana que vem.

Colaborou a reportagem local.

SHAMAN FECHA MAIS UMA ETAPA DE SHOWS NO INTERIOR DE SÃO PAULO, COM UMA APRESENTAÇÃO INESQUECÍVEL!

Por Wendel Santiago
Fotos: Fernanda Veiga

O que dizer de uma banda que possui mais de 300.000 discos vendidos ao redor do mundo e conta com mais de 130 apresentações da atual turnê? Este é o Shaman, que apesar dos problemas com a estrutura técnica da casa, fez um show matador em Sorocaba no dia 24/04, fechando um festival da cidade com a apresentação de seis bandas locais. Nossa equipe não conseguiu acompanhar estes shows, pelo fato de estar acompanhando a coletiva cedida pelo Shaman momentos antes do show.

Este festival ocorreu no Clube Recreativo, um local com espaço grande, bem estruturado, mas infelizmente com um som não tão bom…

Agora vamos falar logo no que interessa: O SHOW.

No começo da madrugada, aproximadamente uma hora da manhã, ouve-se o playback da música “Ancient Winds”, levando o público à loucura e preparando para o massacre sonoro que ocorreria depois. A banda sobe ao palco com a demolidora “Here I am”, fazendo o Clube Recreativo ir abaixo, pena que o som estava muito alto.

Nesta primeira música podemos notar como o entrosamento da banda melhora show após show, com um destaque ao guitarrista Hugo Mariuti com uma presença de palco muito boa. O show segue com as músicas “Distant Thunder”, “Time Will Come” e com a imprescendível e maravilhosa “For Tomorrow” cantada por todos os presentes e já com o som um pouco melhor. Para relembrar um tempo não tão distante, a banda começa e execução de “Lisbon”, que é recebida de maneira fantástica pelos fãs que cantam em uníssono. Depois é a vez de um dos melhores bateristas do Brasil mostrar toda sua técnica.

Na sequência, Fábio Ribeiro inicia as primeiras notas da música “Ritual”, música esta que se destacou como um dos melhores momentos desta jornada, seguida de “Fairy Tale”, onde sinceramente foi dispensável o vocal do André, tamanha garra e vontade que o público cantava. Logo após esta linda canção, foi a vez do Shaman incendiar o Clube Recreativo com a execução de “Pride”, vibrante e enérgica, esta música foi a responsável por acabar com a primeira parte do show.

Continuando este grande show, é chegada a hora de homenagear o mestre Ozzy Osbourne, esta mini-homenagem se faz presente com as músicas “Mr. Crowley” e “No more Tears”, destacando novamente o guitarrista Hugo Mariuti, realmente este cara é muito fã do imortal Rhandy Rhoads. Para finalizar este excelente concerto, o público já não aguentava mais esperar e como em todo show do Shaman, já gritava exaustivamente por “Carry on”, pois bem, aí nesta hora ecoou a música “Unfinished Alegro”, acompanhada pela sempre bem recebida “Carry on” (maior sucesso do Angra). E ao som de “Lasting Child”, o Shaman fechou este excelente show demonstrando total simpatia e preocupação com os fãs.

SET LIST:
Here I am
Distant Thunder
Time Will come
For Tomorrow
Lisbon
Drum Solo
Ritual
Fairy Tale
Pride
Mr. Crowley
No more tears
Unfinished Alegro
Carry on
Lasting Child

About Janus

Janus Aureus is my recently-inaugurated personal blog (written in portuguese, but with some texts in english as well). Fiore Rouge is my old (but still very active - in fact, more than Janus :P) blog (I started it back in 2005). Mentalize is a fan-made website (since 2005). if you wish to contact me for any reason, visit my blog and leave a comment OR see email above (top left) - no, my name's not Andre - actually, I'm not even a guy! LOL Long story... O Janus Aureus é meu blog pessoal - escrito em português - ainda sem muito conteúdo, pois foi começado no final de dezembro de 2011. Já o Mentalize foi aberto em 2005 e está escrito em várias línguas *rs* Privilegio o uso do inglês ali porque o pessoal estrangeiro não tem muitas informações sobre o AM. Quem quiser entrar em contato comigo por qualquer motivo, deixe um comentário nos meus blogs ou use o email que está aí em cima à esquerda (e não, eu não sou o Andre - aliás, sou mulher!).

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s