Shaman Online: SHAMAN REPORT PART 1 by Andre Matos


 de 16/01/2002 a 29/01/2002

 Bem vindos ao nosso diário de bordo das gravações do SHAMAN, o nosso tão esperado Shaman Report.

 É com grande prazer que escrevo essas linhas para vocês, da distante e gelada Alemanha. Desta maneira poderemos estar sempre em contato e satisfazendo as curiosidades de quem quer saber como vai rolar a gravação do nosso disco no exterior…

Nossa aventura começa no dia 16 de janeiro de 2002, uma quarta-feira chuvosa, ainda na cidade de São Paulo. Depois de virar a noite acertando os últimos detalhes para a viagem (equipamento, instrumentos, partituras, CDs, etc.), finalmente chegamos ao aeroporto internacional, depois de muito trânsito. Tudo certo para o embarque, nenhum terrorista à vista – e lá vamos nós, rumo a Amsterdam na Holanda, de onde faríamos a nossa conexão para Hannover, Alemanha.

Embarcamos somente os três (Luís, Hugo e eu), pois o Ricardo já tinha viajado com uma semana de antecedência para providenciar alguns detalhes do seu equipamento e do kit de bateria para a gravação.

Ao chegar a Amsterdam, já vimos o que nos esperava: um frio de -4°C (menos quatro graus!). Pegamos a conexão em mais ou menos uma hora, e tivemos que encarar um aviãozinho bimotor que mais parecia um teco-teco da segunda guerra mundial (…acreditem! Na Europa também existem essas coisas!) – mas estávamos tão cansados que nem percebemos o tempo passar. Chegamos a Hannover, e ali a nossa viagem ainda não tinha terminado. Alugamos um carro para poder fazer o percurso até Wolfsburg (cidade natal do Sascha Paeth, nosso produtor), onde se situa o Gate Studio. Eu fui de motorista então, pois conhecia bem o caminho – e os irmãos Mariutti, completamente espremidos entre as bagagens e os instrumentos…

Chegamos ao estúdio e fomos recebidos pelos velhos amigos Sascha e Miro (também produtor e tecladista do VIRGO). O Ricardo já nos aguardava com impaciência (e com muita fome também!).

Depois de deixar nossa bagagem no hotel, fomos todos juntos, jantar em um restaurante que fica dentro da fábrica da Volkswagen. Vale dizer que Wolfsburg é a capital mundial da Volks e praticamente tudo aqui gira em torno da fábrica (exceto o Gate Studio, é claro!). Porém é isso que faz essa cidade especial e interessante. Existe uma cidade-museu chamada "Autostadt" lá dentro, que é uma visita imperdível pra quem curte automóveis! Na verdade me sinto também um pouco como cidadão Wolfsburguense, pois já passei tanto tempo aqui que é como uma segunda casa… E agora com certeza vai continuar sendo cada vez mais!

O INÍCIO DOS TRABALHOS
Começamos a trabalhar já no dia seguinte. No início, o trabalho era fazer a pré-produção, ou seja, checar todos os arranjos junto com o Sascha, e fazer gravações preliminares para ter certeza do que vai ser gravado para valer. Essa é uma parte muito importante em qualquer produção de disco, é quando se determina o que realmente vai ficar. A cada dia estávamos mais felizes com os resultados.

Nossa parceria com o Sascha vem de longa data, desde 1993, quando gravamos o disco Angels Cry aqui na Alemanha. O disco foi produzido pela dupla Charlie Bauerfeind (hoje com o Helloween e o Blind Guardian) e Sascha Paeth (hoje com o Rhapsody, Kamelot e Virgo). Ele sempre esteve presente em todas as nossas produções desde então e não tenho dúvida em dizer que é o meu produtor de máxima confiança; nós nos damos muito bem, inclusive pessoalmente, e eu tenho certeza de que o resultado será sempre o melhor! (Não foi à toa que o escolhi para ser meu parceiro no Virgo!).

Mas deixando os elogios de lado, o que posso dizer é que depois de uns dez dias de trabalho duro (mais ou menos 15 horas de ensaio por dia), as músicas ficaram polidas à exaustão ("guitarras flamejantes, bumbos avassaladores, riffs matadores, vocais cortantes, baixos estrondosos – um petardo vinílico de fazer cair o queixo a qualquer Tony Anvil!") – e decidimos que era então hora de começar a gravar.

O INÍCIO DAS GRAVAÇÕES
Isso tudo coincidiu com a chegada de outro amigo nosso, desta vez o brasileiro Phillip Colodetti (do Creative Sound em São Paulo), que veio à Alemanha como nosso super-engenheiro-de-som, especialmente convidado para assumir o comando dos botões juntamente com o Sascha. Desta maneira podemos nos revezar nas gravações e agilizar todo o processo.

Com isso, o nosso time estava completo, e criamos um clima de total descontração aqui, apesar da rigidez e disciplina do trabalho alemão… Nesse meio-tempo, rolaram também algumas comemorações, como por exemplo o aniversário do Ricardo no último dia 25. Saímos todos juntos à noite (com a presença de alguns amigos alemães e brasileiros e de jornalistas que vieram fazer um studio report) e foi bastante divertido. Nós da banda preparamos algumas "surpresas" para o aniversariante que no final foram bem engraçadas… O dia seguinte foi praticamente o primeiro dia livre que tivemos desde que chegamos – e como precisávamos disso!

Agora, já recompostos, estamos pegando firme de novo, já com quatro músicas completamente gravadas de bateria e baixo. É muito legal o trabalho que estamos fazendo, pois funciona realmente como um time; cada um se encarrega de uma coisa paralelamente. Enquanto eu escrevo este report, Ricardo e Luís estão gravando na sala ao lado. Hugo está na outra sala ensaiando e compondo seus solos. Em breve começarei a trabalhar os teclados juntamente com o Miro e a fazer os arranjos de orquestra, piano e coro, escrever as letras, etc. Assim que o baixo e a bateria estiverem prontos, começam as gravações de guitarra, que serão intercaladas com sessões de vocal. E assim, quando menos esperarmos, o disco estará pronto!

Bem galera, agora tenho que deixar vocês, pois já estão me chamando lá na sala da técnica para ajudar a decidir qual será a próxima música a ser gravada… Volto a mandar notícias muito em breve aqui do Gate Studio e espero que vocês continuem ligados no nosso Shaman Report!

Um grande abraço,

Andre Matos

[ver a galeria de fotos deste report]

 

About Janus

Janus Aureus is my recently-inaugurated personal blog (written in portuguese, but with some texts in english as well). Fiore Rouge is my old (but still very active - in fact, more than Janus :P) blog (I started it back in 2005). Mentalize is a fan-made website (since 2005). if you wish to contact me for any reason, visit my blog and leave a comment OR see email above (top left) - no, my name's not Andre - actually, I'm not even a guy! LOL Long story... O Janus Aureus é meu blog pessoal - escrito em português - ainda sem muito conteúdo, pois foi começado no final de dezembro de 2011. Já o Mentalize foi aberto em 2005 e está escrito em várias línguas *rs* Privilegio o uso do inglês ali porque o pessoal estrangeiro não tem muitas informações sobre o AM. Quem quiser entrar em contato comigo por qualquer motivo, deixe um comentário nos meus blogs ou use o email que está aí em cima à esquerda (e não, eu não sou o Andre - aliás, sou mulher!).

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s