Resenha: Viper em Sto. Andre – 22 de Junho


(esta resenha veio daqui)

No último 22 de junho, a cidade de Santo André no ABC paulista foi o palco do primeiro show da turnê de retorno do VIPER com sua formação clássica com André Matos, Pit Passarell, Felipe Machado, Guilherme Martin e Hugo Mariutti (substituindo Yves Passarell). A ansiedade era tanta por esse retorno que mesmo antes do Central Rock Bar abrir suas portas, a fila já era grande do lado de fora.

Por João Paulo de Matos Mota / Fotos Edu Lawless

A primeira banda de abertura responsável por começar a aquecer a noite, foi a estreante Demolition Inc., nova banda do vocalista Ricardo Peres (ex-Seventh Seal e atual Fates Prophecy). Prestes a lançar seu debut, o grupo formado também por Hellvis Santos (bateria), Valter Martins (baixo), Diego Reis e David Hugo (guitarras), aproveitou para apresentar ao público do ABC suas composições cheias de peso e melodia, alternando entre o heavy e o thrash, além de executarem também a “Burn in Hell”, cover do Judas Priest. Como afirmado pelo próprio Ricardo, as músicas da banda ainda não possuem nome, não sendo possível assim publicarmos o set-list do show.

DSC_0576

A segunda banda a se apresentar foi a experiente Pastore, sendo esse o primeiro show da nova turnê de divulgação do The End Of Our Flames, último trabalho da banda. Se apresentando no Central pela segunda vez, Mario Pastore (vocal), Raphael Gazal (guitarra), Alexis Galucci (baixo) e Marcelo Paiva (bateria, substituindo Fabio Buitvidas), se mostraram bem à vontade no palco e mostraram grande entrosamento. O set-list escolhido para o show, como já era de se esperar, teve músicas dos dois trabalhos da banda, The Price For The Human Sins e The End Of Our Flames e foi muito bem recebido pelo público que praticamente lotava o local. A banda Pastore vem conquistando seu espaço cada vez mais no cenário nacional e merece atenção, pois os 2 CDs estão repletos de clássicos.

DSC_0633Setlist Pastore:

1.       Brutal Storm

2.       Fallen Angel

3.       Empty World

4.       Nobody´s Watching

5.       Fools

6.       Far Away

7.       Darkest Dreams

Com uma recepção muito calorosa, o VIPER formado por André Matos (vocal), Guilherme Martin (bateria), Pit Passarell (baixo), Felipe Machado e Hugo Mariutti (guitarras) sobem ao palco após 23 anos desde o lançamento do clássico Soldiers of Sunrise para o show que daria início a “To Live Again Tour”, que já conta com 14 shows confirmados no Brasil e propostas para tocar no exterior.

DSC_0927

Parecia surreal o que eu estava presenciando: uma banda se divertindo muito, esbanjando bom humor e simpatia. Há muito tempo eu não via um André Matos tão espontâneo e alegre, fazendo brincadeiras relacionadas a futebol, contando um evento de quando ele e o Pit, com 15 anos na época, foram até Santo André de trem para uma visita à extinta 97FM e acabaram se encontrando com um grupo dos carecas do ABC na estação de trem e esse encontro acabou mal para os dois. Falando em Pit, esse cara foi um show a parte! Totalmente extasiado, interagiu com o público o tempo todo, horas incentivando um “Olê, Olê, Olê, Viper, Viper…”, sendo atendido prontamente, horas conversando em inglês com o pessoal e até recebendo uma cerveja oferecida por alguém da pista!

DSC_0046

Para quem foi esperando ouvir algum cover do Angra ou da carreira solo do André, definitivamente não entendeu a proposta da reunião da banda, por exemplo quando certa hora alguém pediu Carry On e ouviu um sonoro “de jeito nenhum” do André. Na hora ele foi sucedido de uma salva de palmas do público, ou seja, estamos aqui para ver e ouvir o Viper.

DSC_0251

O show foi separado em duas partes, na primeira eles tocaram oSoldiers of Sunrise na íntegra e depois foi apresentado no telão um vídeo com depoimentos de integrantes e ex-integrantes da banda contando um pouco da história da banda e apresentando imagens do fatídico show no colégio Rio Branco que quase acabou em incêndio. Inclusive, muitos aguardavam o André subir ao palco com a tocha durante a execução da Soldiers, mas devido à estrutura do Central Rock Bar, isso não foi possível.

Após o vídeo, a banda retorna ao palco para mais uma sessão de clássicos, dessa vez o Theatre of Fate seria executado do começo ao fim. O ponto alto do show, como já esperado, foi durante a Living For The Night, música que ficou consagrada como grande clássico da época foi cantada em uníssono por todos. Um pouco antes da execução da Moonlight, Andre lembrou que ele se esquecera de apresentar os integrantes na Living e, voltando a uma levada de bateria e após ter sido apresentado por Pit como “o melhor vocalista do mundo”, apresentou a banda e acabaram tocando a música quase que inteira novamente!

Já passava das 3:30 da manhã mas o sono parecia estar longe de passar por ali, pois mesmo após todas as músicas do Soldiers e doTheatre, era certo que teríamos mais por ver (e ouvir)! E foi após um breve descanso que eles ensaiaram um início da Evolution, que foi sucedida por uma versão heavy/punk de We Will Rock You (sim, a famosa do Queen!). Após essa grande homenagem, era hora de ouvirmos a lindíssima The Spreading Soul na voz de André Matos e eu, particularmente, achei sensacional! Como se tudo aquilo já não bastasse e depois de mais de 2 horas e meia, ainda tivemos como encerramento do show a Rebel Maniac do álbum Evolution.

DSC_0165Setlist Viper:

1.       Knights of Destruction

2.       Nightmares

3.       The Whipper

4.       Wings of The Evil

5.       Signs of the Night

6.       Killera (Princess of Hell)

7.       Soldiers of Sunrise

8.       Law of the Sword

9.       H.R.

DSC_091510.   At Least A Chance

11.   To Live Again

12.   A Cry From The Edge

13.   Living For The Night

14.   Illusions of Time

15.   Theatre of Fate

16.   Moonlight

17.   Prelude to Oblivion

18.   Evolution (intro)

19.   We Will Rock You (Queen cover)

20.   The Spreading Soul

21.   Rebel Maniac

Se existe uma data agendada para o Viper tocar em sua cidade ou perto de onde você está e você está na dúvida em ir, aceite a minha sugestão e vá! Te garanto que você não vai se arrepender, a banda está demais, mutio bem entrosada e o mais importante, se divertindo muito no palco e divertindo todo mundo!

Galeria de Fotos Viper

Agradecimentos a Tiago Claro (TC7 Produções) pelo credenciamento e profissionalismo demonstrado com a equipe Rock Express.

Henrique Schuindt

Henrique Schuindt

About Janus

Janus Aureus is my recently-inaugurated personal blog (written in portuguese, but with some texts in english as well). Fiore Rouge is my old (but still very active - in fact, more than Janus :P) blog (I started it back in 2005). Mentalize is a fan-made website (since 2005). if you wish to contact me for any reason, visit my blog and leave a comment OR see email above (top left) - no, my name's not Andre - actually, I'm not even a guy! LOL Long story... O Janus Aureus é meu blog pessoal - escrito em português - ainda sem muito conteúdo, pois foi começado no final de dezembro de 2011. Já o Mentalize foi aberto em 2005 e está escrito em várias línguas *rs* Privilegio o uso do inglês ali porque o pessoal estrangeiro não tem muitas informações sobre o AM. Quem quiser entrar em contato comigo por qualquer motivo, deixe um comentário nos meus blogs ou use o email que está aí em cima à esquerda (e não, eu não sou o Andre - aliás, sou mulher!).

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s