Entrevista com André Hernandes


Em entrevista exclusiva, o renomado guitarrista André Hernandes fala um pouco sobre o novo cd da banda Andre Matos e seu processo de gravação – The Turn Of The Lights -, além de nos revelar seus projetos para 2013, dentre outros assuntos!

1)   Qual a recepção dos fãs e da mídia especializada ao “The Turn Of The Lights”?

AH – Foi acima da minha expectativa. Particularmente eu estava um pouco ansioso com relação à recepção dos fãs e da mídia. Porque, apesar de gostar muito do disco, o considero diferente dos outros. Passeamos por novos caminhos, acordes, timbres, texturas, etc. Precisávamos disso. Não queríamos fazer um terceiro disco exatamente igual aos outros dois. E acho que conseguimos. Faltava então saber se agradaríamos nosso publico, e isso aconteceu. Acho que foi o mais bem recebido até agora. Principalmente pela mídia especializada. Inclusive obtemos a maior nota de toda a carreira do Andre Matos na revista Burrrn! do Japão, umas das maiores publicações especializadas em heavy metal do mundo.

2)   Como foi o processo criativo do cd, já que a banda Andre Matos Solo está com uma nova formação?

AH – Exatamente como foi feito nos outros dois. Todos apresentam ideias e desenvolvemos as melhores em parceria com o Andre, e às vezes com mais um ou mais integrantes. E apesar de estarmos com dois novos integrantes, o processo se manteve o mesmo porque tivemos o cuidado de escolhermos músicos que além de excelentes instrumentistas, são também compositores.

3)   Quando começará a nova tour do cd? Já tem algum show agendado?

AH – Começara na segunda quinzena de março. Já temos shows agendados por todo o Brasil. Inclusive em breve divulgaremos um lance bem legal, que em função de questões contratuais não podemos divulgar agora. Sorry!

4)   Você imagina qual será a reação dos fãs ao escutar as novas músicas do “The Turn o f the Lights”?

AH – Tenho certeza que será muito boa. Digo isso baseado na recepção que tiveram ao ouvirem o disco na época do lançamento.

5)   Conte-nos como será a tour em comemoração do “Angels Cry” e do novo cd “The Turn Of The Lights”? Como será o setlist?

AH – Não posso contar muito, é surpresa! RS.

Mas posso adiantar que além do Angels Cry na íntegra e algumas do The Turn of The Lights, tocaremos também alguns clássicos da carreira do Andre Matos incluindo Viper, Shaman e músicas dos dois primeiros discos da banda solo.

6) Atualmente, você está tocando todas as quintas-feiras em Curitiba com a banda The Elder, no Crossroads. Conte-nos como aconteceu o convite.

AH – Fui um dos fundadores do The Elder, em 1998, quando morei em Curitiba. Saí da banda em 2002 quando voltei para São Paulo. Então em 2010 eu e minha esposa decidimos retornar para Curitiba para criar nossos filhos numa cidade com mais qualidade de vida. Foi então que fui visitar meus velhos amigos de banda lá no Crossroads e as jams começaram. Não demorou muito a me convidarem para voltar à banda. Pra mim foi ótimo poder voltar a tocar e conviver com meus velhos e grandes amigos.

7) Que tipo de músicas vocês tocam? A banda tem pretensão de lançar algo de autoria própria?

AH – Tocamos covers dos clássicos do rock´n´roll e heavy metal de todas as décadas. Eventualmente surgem algumas ideias autorais quando estamos fazendo jams. Algumas são realmente boas, o que nos deixa com vontade de finalizá-las. Não sei se com alguma pretensão, acredito que mais pelo prazer de criar algo próprio.

8) Quais são seus projetos para 2013? E a sua agenda?

AH – Além da tour do The Turn of The Ligths com a execução do Angels Cry na integra, os workshops continuam, as aulas online também. Vou inaugurar em breve um novo site que vai atuar na área didática da guitarra.

9) Você pretende fazer workshops? E com os seus parceiros de banda?

AH – Sim. Gosto muito de fazer workshops. Nossa empresária cuida desta parte também. Acho mais divertido fazer quando tem algum parceiro da banda junto. Mas na maioria das vezes fazemos individualmente.

10) Qual foi o show que te deu mais satisfação em estar no palco? Foi em que ocasião e onde?

AH – Pergunta difícil. Foram muitos shows legais. Talvez meu primeiro grande show fora do Brasil. Foi no Japão, para 18 mil pessoas. Era apenas meu terceiro ou quarto show com eles. Ainda estava me acostumando ao novo esquema. Com certeza foi um dos grandes momentos que vivi com eles nestes 7 anos de banda.

11) Como vc se sente em ser inspiração para diversas pessoas, tanto profissionalmente, mas como pessoa?

AH – Não sei se sou inspiração pra muita gente, mas se for de uma única pessoa já fico muito feliz. Tento fazer o meu trabalho com o máximo de seriedade, profissionalismo, respeito aos meus colegas de banda, e principalmente respeito e gratidão ao nosso público, que são as pessoas mais importantes para nós.

12) Andre, para vc como está a cena da cena do metal brasileiro? Como uma banda consegue se manter na ativa?

AH – Realmente já foi melhor. Mas não é só para o heavy-metal. Na verdade os únicos estilos musicais que não estão sentindo alguma diferença são aqueles mais populares. Para se manter na ativa é necessário muito amor no que se faz. E claro, algumas atividades paralelas para garantir uma graninha nos intervalos das tours. Rs.

13) Quais bandas nacionais ou internacionais você acha que vem se destacando? E qual música te marcou em 2012?

AH – É com um pouco de vergonha que te respondo que neste último ano o único disco de banda que parei para ouvir foi o Turn of The Lights. Não foi por nenhum motivo do tipo “não gosto das bandas atuais”. Na verdade sempre me disponho e gosto de ouvir e conhecer novas bandas. Meus alunos estão sempre apresentando coisas novas nas aulas. Na verdade me dediquei a audições dos novos artistas da música instrumental norte americana. São caras incríveis que estão produzindo uma quantidade enorme de musica fresca e inovadora. Precisei correr para me atualizar!

14) Obrigada pela entrevista e para finalizar deixe uma mensagem para os leitores do X-Press On.

Agradeço a todos do X-Press On pela oportunidade e quero aproveitar para convidá-los para os shows da nova tour. Estamos ansiosos e eufóricos para começar.

Quero agradecer a você que leu a entrevista pelo interesse.

Espero vê-los pessoalmente nos shows !!

Até breve !!

Para acompanhar a agenda e saber mais sobre o Andre Hernandes, acesse os links abaixo:

https://www.facebook.com/andre.hernandes.9678?fref=ts

https://www.facebook.com/AndreMatosOfficial

https://www.facebook.com/bandatheelder

http://www.andrehernandes.com.br/

About Janus

Janus Aureus is my recently-inaugurated personal blog (written in portuguese, but with some texts in english as well). Fiore Rouge is my old (but still very active - in fact, more than Janus :P) blog (I started it back in 2005). Mentalize is a fan-made website (since 2005). if you wish to contact me for any reason, visit my blog and leave a comment OR see email above (top left) - no, my name's not Andre - actually, I'm not even a guy! LOL Long story... O Janus Aureus é meu blog pessoal - escrito em português - ainda sem muito conteúdo, pois foi começado no final de dezembro de 2011. Já o Mentalize foi aberto em 2005 e está escrito em várias línguas *rs* Privilegio o uso do inglês ali porque o pessoal estrangeiro não tem muitas informações sobre o AM. Quem quiser entrar em contato comigo por qualquer motivo, deixe um comentário nos meus blogs ou use o email que está aí em cima à esquerda (e não, eu não sou o Andre - aliás, sou mulher!).

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s